Author Archives: Tiago

Conheça os cursos da universidade carioca com renome no mercado

Estudantes do Ensino Médio em fase de conclusão, estão na busca por uma boa instituição de ensino. Uma opção é o vestibular Estácio 2021, universidade carioca com renome no mercado. A instituição oferece aos interessados no vestibular Estácio 2017 cursos presenciais, EAD e o uso da nota do Enem no processo seletivo.

Vestibular Estácio 2021

A Universidade Estácio de Sá é uma instituição de ensino privado. Com sede no Rio de Janeiro, aderiu também ao modelo de ensino à distância e possibilita jovens e adultos de todo o Brasil terem um diploma da instituição. 

Os cursos do vestibular Estácio 2017 podem ser de diferentes modalidades divididos entre presenciais e online: 

  • Graduação;
  • Pós Graduação;
  • MBA;
  • Cursos livres – gratuitos contando como hora aula para complementação de estudos;
  • Cursos técnicos.

Os cursos são divididos em áreas de humanas, exatas e saúde com diversos tipos de especialização.

Apesar de ser uma instituição carioca há sedes para ensino EAD em diversas capitais brasileiras. A instituição não oferece programa de bolsas de estudo.

Inscrição no Vestibular Estácio 2021

Anualmente, o vestibular Estácio abre seu processo seletivo geralmente no último trimestre do ano. Para fazer a prova não é preciso ter concluído o nível médio, mas estar em fase de conclusão e já finalizado os estudos quando for efetuada a matrícula. 

Para se inscrever no vestibular Estácio 2021 o candidato deve:

  • Acessar o site da Universidade Estácio de Sá clicando aqui;
  • Escolher seu Estado e depois cidade para saber as opções de cursos;
  • Ler sobre a ementa do curso e valores de mensalidades;
  • Preencher o formulário com seus dados pessoais;
  • Escolher a data da prova do vestibular na unidade que quer estudar;
  • Imprimir e pagar o boleto gerado. 

No dia e hora marcados o estudante deve ir até até o local da prova. O teste é feito na sede da instituição com supervisão e o resultado divulgado no site informado acima. 

Usar a nota do Enem no Vestibular Estácio

Os alunos que fizeram o Enem nos últimos anos não precisam fazer o vestibular Estácio. Para isso devem:

  • Acessar o site da Universidade Estácio de Sá clicando aqui;
  • Escolher seu Estado e depois cidade para saber as opções de cursos;
  • Ler sobre a ementa do curso e valores de mensalidades;
  • Preencher o formulário com seus dados pessoais;
  • Clicar em “Usar a nota do Enem” enquanto preenche o formulário com seus dados pessoais;
  • Informar o número de inscrição e ano de participação da prova do Enem;
  • Marcar a opção que leu e concorda com todos os termos.

Pronto, sua inscrição está finalizada.

De acordo com a sua nota, a instituição coloca você na lista de candidatos e avalia se é uma nota suficiente para entrar no curso desejado. Mesmo sem fazer o vestibular Estácio a lista é a mesma de aprovação. É só entrar no site e conferir na data do resultado. 

Resultado do Vestibular Estácio 2021

Se você já se inscreveu e fez a prova do vestibular Estácio agora é só aguardar o resultado. Com seu login e senha acesse o site clicando aqui e saiba se foi aprovado ou não. 

Caso tenha sido aprovado, na mesma tela vão surgir dia e hora para fazer a matrícula.

Vá até a instituição levando consigo os seguintes documentos:

  • Identidade;
  • CPF;
  • Comprovante de residência;
  • Documento de comprovação de conclusão do ensino médio.
  1. Os documentos devem ir com original e cópia juntos.
  2. Após efetuada a matrícula um boleto será emitido.
  3. O aluno paga, espera a compensação e já pode ir até a sala de aula no dia e hora marcados. 

Vestibular Estácio 2021 para estudantes EAD

O processo para quem procura por cursos de educação à distância da Universidade Estácio de Sá é o mesmo de quem deseja obter aulas presenciais. Basta entrar no site e selecionar o curso de acordo com a oferta em sua cidade ou região. 

A prova do vestibular Estácio 2021 é feita na unidade de ensino mais próxima de sua casa no dia e local selecionados no site. A taxa é a mesma a ser paga, atualmente de R$ 30, via boleto bancário. 

Vestibular Estácio para portadores de diploma

Interessados em uma segunda formação não precisam fazer novamente o vestibular Estácio 2021.

Basta no momento de se inscrever no curso informar que já é portador de diploma e fica isento da prova. Contudo, deve levar o documento em mãos no ato da matrícula. Boa sorte.

Lançamento do ano da Ford

Novo Ford KA

O Novo Ka 2021 está com 3 novas versões para os modelos hatch e sedan: as opções S e Tecno para o primeiro e a versão advanced para o segundo. Este é o terceiro carro mais vendido, com mais de 70 mil unidades no ano.

Para quem gosta de adrenalina na veia e bastante estilo chegou o Ford Ka Trail, para os grandes desafios da cidade. Ele faz parte de uma nova geração de carro compacto.

Quer saber mais sobre esse carro? Então veja a seguir tudo que o que mudou nessas novas versões criadas e também quais são os preços.

Novo Ford KA
Novo Ford KA

Ficha Técnica do Novo Ka 2021

O Ford Ka existe na versão 1.0, com potência do motor de 80 CV, com gasolina e 85 CV com álcool, e câmbio manual de 5 marchas. Também existe a versão 1.5.

Esta tem potência do motor de 105 CV para gasolina e 110 Cv para álcool, com câmbio manual de 5 marchas. Veja a seguir as dimensões e capacidades deste veículo:

  • Altura do veículo (mm) 1525;
  • Comprimento do veículo (mm) 3886;
  • Capacidade do tanque de combustível (L) 51;
  • Capacidade do porta-malas (L) 257;
  • Entre eixos (mm) 2491;
  • Largura do veículo sem espelhos (mm) 1695;
  • Largura do veículo com espelhos (mm) 1911;
  • Peso em ordem de marcha (Kg) 1007.

O consumo médio para o Ford Ka Sedan é:

  • Consumo na cidade com gasolina e motor 1.0 – 13,5 km/l;
  • Consumo na cidade com álcool e motor 1.0 – 8,9 km/l;
  • Consumo na estrada com gasolina e motor 1.0 – 15,1 km/l;
  • Consumo na estrada com álcool e motor 1.0 – 10,4 km/l;
  • Consumo na cidade com gasolina e motor 1.5 – 11,5 km/l;
  • Consumo na cidade com álcool e motor 1.5 – 7,9 km/l;
  • Consumo na estrada com gasolina e motor 1.5 – 13,6 km/l;
  • Consumo na estrada com álcool e motor 1.5 – 9,5 km/l.

Novidades do Ford Ka

O ka se tornou referência no mercado automobilístico por ser completo, pois reúne em um só carro, tecnologia inteligente, design, espaço interno e compacto por fora

O Ford Ka ganhou uma nova versão recentemente: a aventureira Trail, que possui suspensão elevada e reforçada, pneus diferenciados, bancos com novos padrões.

Essa versão era o que faltava para completar as melhores opções de compacto. Porém, ele ainda não possui câmbio automático.

Nesse lançamento foi criada as versões S e Tecno que vieram com as seguintes novidades:

  • Rodas de aço de 15 polegadas;
  • Vidros elétricos traseiros;
  • Controle de estabilidade e tração;
  • Assistente de partida em rampa;
  • Computador de bordo;
  • Faróis de neblina;
  • Tela multimídia SYNC com 6,5 polegadas;
  • Bancos com cores e costura exclusiva;

E muitas outras novidades.

Novo Ka 2021 Preço

Confira abaixo os preços das novas linhas Ford Ka:

  • Ford Ka S 1.0 – R$ 44.030;
  • Ford Ka SEL 1.0 – R$52.290;
  • Ford Ka SEL 1.5 – R$56.590;
  • Ford Ka SE 1.0 – R$ 45.030;
  • Ford Ka SE 1.5 – R$ 49.340;
  • Ford Ka SE Plus 1.5 – R$ 50.890;
  • Ford Ka SE Plus 1.0 – R$ 46.590;
  • Ford Ka Tecno 1.0 – R$ 48.390;
  • Ford Ka Trail 1.0 – R$ 48.430;
  • Ford Ka Trail 1.5 – R$ 52.740.

O Ford Ka é um dos melhores custo-benefício da categoria, pois é econômico, tem bom design, é confortável, tem preço acessível e proporciona toda a segurança que você precisa.

Se você está pensando em adquirir um carro 2021, essa é a hora. Aproveite o lançamento do novo Ford Ka e adquira já o seu!

Conheça alguns dos tributos que muitos brasileiros devem pagar anualmente

O Imposto de Renda da Pessoa Física é um tributo que muitos brasileiros devem pagar anualmente, mas se por algum motivo acabam pagando a mais do que precisam, tem direito a restituição e através da consulta IRPF 2021 é possível conferir se algum dinheiro está disponível. Quer saber como fazer a consulta IRPF 2021? Continue acompanhando!

Antes de começarmos a falar sobre a consulta IRPF 2021, você precisa entender melhor como tudo funciona. Se não souber o que é Imposto de Renda, restituição e malha fina, não entenderá nada a respeito da consulta.

Nos próximos parágrafos, vamos abordar esses principais tópicos. Continue conosco!

O que é Imposto de Renda?

O nome é popular, mas muitos não sabem realmente o que o Imposto de Renda representa.

Imposto de Renda da Pessoa Física 2021 (ou IRPF) é o nome que recebem os tributos que os contribuintes brasileiros devem pagar anualmente ao Governo. O cidadão só precisará pagar o IRPF em 2018 caso seus rendimentos em 2017 tenham extrapolado o valor determinado pelo Governo que, atualmente, é de R$ 1.903,99 ao mês.

Em outras palavras, você precisará declarar o IR em 2018 se ganhou mais de R$ 1.903,99 por mês em 2018.

Na prática, a declaração significa que uma parte do que você ganhou vai para o Governo.

Qual o valor do Imposto de Renda?

O valor do Imposto de Renda não é fixo, já que o mesmo é determinado com base em faixas de rendimentos.

Vamos conhecer todas as faixas vigentes a seguir para que, logo mais, ao final da matéria, você possa aprender a fazer a consulta IRPF 2021.

  • Cidadãos que possuem rendimento de até R$ 1.903,98 ao mês não precisam declarar Imposto de Renda (são chamados de isentos);
  • Cidadãos que recebam rendimento de R$ 1.903,99 a R$ 2.826,65 pagam uma alíquota de 7,5%;
  • Cidadãos que recebam rendimento de R$ 2.826,66 a R$ 3.751,05 pagam uma alíquota de 15%;
  • Cidadãos que recebam rendimento de R$ 3.751,06 a R$ 4.664,68 pagam uma alíquota de 22,5%;
  • Cidadãos que recebam rendimento superior a R$ 4.664,68 pagam uma alíquota de 27,5%.

O que é Malha Fina?

Você já ouviu a frase “quem não deve, não teme”? Ela combina muito bem com o assunto Malha Fina.

Se você é um cidadão de bem, honesto e que faz sua declaração de Imposto de Renda corretamente, não precisa ter medo da Malha Fina. Por quê? Explicamos a seguir.

Malha Fina é um processo que serve para investigar a fundo as declarações de IR. Durante esse processo, o Governo busca inconsistências nas declarações, ou seja, pessoas que declararam menos do que ganharam, que preencheram dados incorretamente ou que deixaram de fornecer alguma informação importante.

Quando dissemos que alguém “caiu na Malha Fina”, popularmente, quer dizer que a pessoa teve sua declaração retida por alguma inconsistência e, a partir desse momento, o Governo a notifica e ela tem a chance de fazer as devidas correções.

O que é Restituição do IRPF?

Quando o cidadão faz a declaração, o sistema faz algumas contas e verifica se ele teve muitas deduções de seus rendimentos como despesas médicas e gastos com dependentes, por exemplo. Se o sistema determinar que sim, ele pode ganhar descontos e, no final, ter algum dinheiro para receber. Isso é o que chamamos de Restituição do IRPF.

Aprenda a fazer a Consulta IRPF 2021

Fazer a consulta IRPF 2021 e verificar se você tem dinheiro a receber é muito fácil. Para isso, basta que você acesse essa página, digite os dados solicitados nos campos exibidos e clique em “Consultar”.

A consulta para 2021 só funcionará depois que você já tiver feito a declaração do IR de 2018 e depois que o Governo começar a divulgar os lotes de restituição.

8 Passos Importantes Para Quem Vai Declarar o imposto de Renda Pela Primeira Vez

O imposto de renda é uma declaração obrigatória de valores tributáveis que deve ser cumprida por alguns contribuintes. Este valor é muito importante e se não for cumprido corretamente, pode render grande dor de cabeça! Por isso, se você vai realizar a declaração do IR pela primeira vez, vale conferir a seguir 8 passos importantes para declarar o imposto de renda.

Entenda o funcionamento do IR

Para quem vai declarar o imposto de renda pela primeira vez, pode ser que o funcionamento do recurso pareça um pouco complicado. Por isso, a dica é importante se informar quanto o funcionamento do IR. É válido ressaltar que podem haver mudanças no imposto de um ano para outro, por isso fique atento a declaração do Imposto de Renda 2021.

Baixe o programa para declarar o IR

O programa para realizar o imposto de renda foi um recurso desenvolvido pela Receita Federal para facilitar o processo de declaração para os cidadãos. Através do sistema, você pode realizar o processo facilmente e sem burocracia!

Reúna documentos

A declaração do IR é obrigatória tanto para pessoa física quanto para pessoa jurídica e para ambas as situações é necessário comprovar gastos e descontos com documentos legais. A declaração IRPF 2021 deverá ser realizada dentro do prazo estabelecido pela Receita.

Saiba o que deve ser declarado

Nem tudo precisa ser declarado no imposto de renda 2021, portanto, para realizar o seu processo de declaração corretamente, vale se informar antes e preencher os dados com cuidado.

Informe-se quanto ao que pode ser deduzido

Alguns gastos anuais podem ser deduzidos do valor total do imposto de renda, são eles: gastos médicos, gastos com edução, valor por dependente, pensão alimentícia determinada judicialmente, gasto com aparelhos ortopédicos, entre outros.

Fique atento à restituição do IR

Depois de deduzir os valores referentes ao imposto, pode ser que fique disponível para você uma quantia em dinheiro. Este valor é chamado de restituição do IR, e é preciso manter o recibo de pagamento do imposto para ter direito a sacá-lo.

Verifique modelos de declaração

Você irá preencher os seus dados com cautela, e depois será preciso escolher o modelo de declaração do imposto de renda, que pode ser simplificado ou completo. Leia com atenção as informações sobre ambas categorias!

Retifique a declaração

Após enviar a sua declaração preenchida, é comum que aconteça algum erro de digitação ou cálculo informado incorretamente. Quando isso acontece, você pode fazer a retificação do IR para corrigir os dados.

Grande quantidade de provas é realidade para estudantes do ensino médio

Já virou uma realidade para todos os estudantes que estão concluindo o Ensino Médio fazer as provas do ENEM 2021. Inclusive, essas provas ganharam tanta importância, que algumas instituições exigem apenas as notas do ENEM como ingresso, sem precisar de vestibular. Saiba mais sobre o ENEM 2021 a seguir!

Quem pretende fazer um curso e obter a formação no Ensino Superior não pode deixar de fazer as provas do ENEM. Como nós dissemos, atualmente são diversas as instituições que pedem apenas as notas do ENEM para ingresso dos alunos.

Alunos no cursinho da POLI USP

✓ Saiba como utilizar sua nota do ENEM 2021:

  • FIES 2021
  • Educa Mais Brasil 2021

Edital do ENEM 2021

O edital para a edição do ENEM 2021 será publicado em breve, então, é preciso ter um pouco mais de paciência. Enquanto não temos acesso a esse documento, você acompanha as últimas notícias sobre o edital de 2018.

Essas informações que você poderá ver abaixo fazem parte do edital publicado para as provas de 2018. Alguma informação poderá ser útil para você que está se preparando para as provas.

O edital é um documento muito importante e os alunos não podem deixar de conferir as informações que estão contidas nele.

Algumas informações no edital atual sofreram mudanças em relação as edições anteriores. Confira a seguir:

Mais tempo para fazer a prova

Foi determinado que os alunos ganharão mais 30 minutos para fazer a prova do segundo dia. Estas provas reúnem os conteúdos de Matemática e Ciências da Natureza.

De acordo com as informações do edital, serão 5 horas para fazer as provas do primeiro dia e 5 horas e meia para o segundo dia.

Dois domingos de exames

Ainda permanecerão dois domingos para a aplicação das provas. Eles serão consecutivos e ocorrerão provavelmente em novembro.

No primeiro domingo serão aplicadas as provas de Linguagens, Ciências Humanas e Redação com 5 horas de duração e no segundo domingo as provas de Ciências da Natureza e Matemática com duração de 5 horas e meia.

Remarcação da prova

O aluno que tiver qualquer problema logístico para fazer as provas poderá solicitar a reaplicação da prova no período de até 5 dias úteis.

A Comissão de Demandas julgará todos os casos individualmente e dará o seu parecer aos candidatos.

No ENEM de 2017, muitos alunos tiveram que refazer as provas por falta de energia elétrica nos locais em que foram aplicadas as mesmas.

Desrespeito aos Direitos Humanos não zera redação!

Por determinação do Supremo Tribunal Federal, as redações que utilizarem temas ofensivos aos Direitos Humanos não serão mais anuladas.

Essa decisão pode parecer uma grande piada, mas não é. Segundo a Ministra Carmen Lúcia, essa decisão foi para garantir os direitos e a tranquilidade dos estudantes na hora da prova.

Confira o edital completo nesse site.

Notas e gabarito do ENEM 2021

Os estudantes, quando fazem a inscrição no ENEM 2021, recebem um número de inscrição e uma senha que devem ser guardados em local seguro, pois vão precisar dessas informações para consultar resultados e gabaritos.

Com essas informações, os alunos poderão:

  • Acompanhar a situação da inscrição nesse site;
  • Consultar e imprimir o Cartão de Confirmação da Inscrição;
  • Obter resultados individuais;
  • Realizar inscrição para os programas de acesso à educação superior;
  • Fazer a inscrição em programas de bolsas de estudos ou financiamento estudantil, entre outros programas.

Inscrições do ENEM 2021

Siga essas informações para fazer a sua inscrição no ENEM 2021!

  • Acesse esse site (no momento não há como mostrar a inscrição passo-a-passo pois a mesma ainda não está disponível);
  • Preencha o número do seu CPF, endereço e data de nascimento;
  • Indique o idioma preferido para fazer a prova;
  • Imprima a sua guia de pagamento e efetue-o.

Cadastro do servidor público para ter direito a benefícios

Se você é um servidor público, não deixe de fazer o seu cadastro PASEP 2020 para receber esse benefício que é seu por direito. Continue acompanhando nossas informações e aprenda a fazer o cadastro PASEP 2020!

Muitos servidores públicos não sabem direito o que é o PASEP e como solicitar esse benefício ao qual tem direito de acordo com a Constituição Federal.

Sabendo dessa dificuldade do servidor brasileiro, resolvemos escrever sobre esse tema que ainda gera tantas dúvidas nos dias de hoje. Acompanhe nossas informações e aprenda a realizar o cadastro PASEP 2020!

O Que é o PASEP?

Criado pela Lei Complementar Federal nº 8 de 03/12/1970, o PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) PASEP tem o objetivo de fazer com que todos os servidores públicos, sejam eles civis ou militares, participem da receita das entidade e órgãos públicos, direta ou indiretamente, compreendendo os poderes federal, estadual e municipal.

As contribuições feitas para o PASEP têm a participação das sociedades de economia mista, da União dos Estados, Municípios, Distrito Federal e dos Territórios, das fundações e das Autarquias.

Todo esse dinheiro arrecadado com essas contribuições é repassado a todos esses servidores públicos civis e militares de modo proporcional ao tempo de serviço, vencimento e remuneração.

Acompanhe também o Calendário PASEP 2020 e não perca a data de nenhum pagamento.

Como Fazer o Cadastro?

Todos os servidores públicos civis ou militares, do Estado ou Município, do Distrito Federal e das Autarquias em geral devem se cadastrar corretamente para receber o benefício do PASEP.

O cadastro é realizado uma única vez na vida profissional desse servidor para evitar que possa haver alguma duplicidade de informações.

Todo servidor que ingressa na carreira pública tem o seu cadastro no PASEP feito pelo Banco do Brasil, com as informações fornecidas pela Secretaria da Fazenda. Os dados obtidos para o cadastro PASEP 2020 são:

  • Nome completo do servidor
  • Data de nascimento
  • Nome completo da mãe e do pai
  • Ano em que teve o primeiro emprego, se houver
  • CPF e RG
  • Endereço de residência

Assim que você ingressa em um órgão público, ele fica responsável por fazer o seu cadastro no PASEP, portanto, você não precisa se preocupar.

Quem Pode Receber o PASEP?

Muitos servidores públicos ainda tem dúvidas sobre quem poderá receber esse benefício. Abaixo você confere quem tem esse direito. Acompanhe:

  • Funcionários que ocupam cargos efetivos e sejam titulares dos mesmos
  • Servidores extranumerários
  • Servidores estáveis
  • Servidores CLT

Como Sacar?

Existe algumas maneiras de você sacar o seu benefício. Conheça-as a seguir!

O servidor, depois de já ter recebido o seu número do PASEP, escolhe o Banco do Brasil que deseja receber o benefício. Basta comparecer na agência com o documento de identificação. Esse benefício pode ser sacado anualmente depois de 2 anos de cadastro no programa.

Em folha de pagamento

O servidor faz um requerimento ao Departamento de Despesas de Pessoal do Estado (DDPE) quando ele pertencer às Secretarias de Estado e pode receber o benefício diretamente na folha de pagamento.

Saque do principal (valor total)

Só poderá sacar o valor total da conta, ou seja, o saque do principal nas seguintes condições:

  • Aposentadoria
  • Aposentadoria por invalidez
  • Transferência para o setor militar ou reforma
  • Portadores de AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida)
  • Portadores de Câncer

Programa educacional do Governo Federal oferece vagas em universidades públicas

O Sistema de Seleção Unificada, conhecido por todos os estudantes de ponta a ponta do Brasil, é um dos programas educacionais criados pelo governo brasileiro mais bem-sucedidos da atualidade. E é através da pontuação obtida no ENEM, mais especificamente pela nota de corte SISU 2020, que o preenchimento das vagas do programa é administrado.

Praticamente todos os estudantes brasileiros que almejam ingressar em alguma universidade pública de qualidade acabam procurando pelo SISU, que aceita as notas do Exame Nacional do Ensino Médio como forma de estipular quais candidatos irão ingressar nas vagas mais concorridas e quais não.

No entanto, utilizar o resultado ENEM não dá garantias de sucesso, já que há a nota de corte, que nós vamos conhecer melhor neste artigo, no qual procuraremos explicar o que é SISU, qual o seu funcionamento, entre outras coisas.

Nota de Corte SISU 2020

Importante mecanismo de controle para liberação das vagas das instituições participantes, a Nota de Corte SISU representa a oportunidade para muitos estudantes brasileiros de conseguir ingressar em uma instituição de ensino superior pública.

Ela é a forma de cálculo encontrada pelo Sistema de Seleção Unificada para definir quais vagas serão direcionadas a quem de direito, levando sempre em conta as melhores notas do ENEM, deixando claro para o estudante a importância de se conseguir uma boa nota no Exame.

Ao longo do período de inscrição, que neste ano durou entre os dias 23 e 26 de janeiro, uma vez por dia, o sistema realiza o cálculo da Nota de Corte SISU 2020, que determina quais serão as menores notas para que o estudante fique entre os potencialmente selecionados para cada um dos cursos oferecidos.

Este cálculo é feito com base no número de vagas disponíveis e o total dos candidatos inscritos em determinado curso, levando em conta também a modalidade de concorrência escolhida.

Classificação Parcial do SISU

Quando falamos da Nota de Corte SISU, nós não podemos nos esquecer da classificação parcial, que é um dos pontos cruciais deste sistema de distribuição de vagas de alguns dos principais cursos de universidades públicas brasileiras.

Como a própria definição já pode indicar, a classificação parcial do SISU é a posição na qual o candidato se encontra ao longo do processo seletivo do sistema, enquanto o resultado final não é divulgado de maneira oficial.

Calculada a partir das notas obtidas pelos estudantes no ENEM que se inscreveram no mesmo curso do candidato, ela deve ser encarada apenas como uma referência, sendo uma indicação a respeito das possibilidades de sucesso por parte deste candidato até a divulgação do resultado final.

Para que a consulta da classificação parcial do SISU seja feita durante o período das inscrições, o candidato precisará realizar o acesso ao seu boletim de acompanhamento, num processo que poderá ser feito diretamente na página oficial do sistema.

Os melhores e mais disputados concursos públicos

Concursos públicos são sempre disputadíssimos, porém existem alguns que chamam mais a atenção dos concurseiros. Hoje veremos quais são os 5 concursos públicos mais disputados, para conferir mais sobre o assunto basta continuar acompanhando.

Concursos públicos oferecem estabilidade profissional e salarial, por isso tantas pessoas se dedicam a aprovação em um concurso. Hoje veremos quais são os mais disputados, continue lendo.

Alunos no cursinho da POLI USP

5 concursos públicos mais disputados

Concursos públicos estão cada vez mais concorridos, pois se tornaram uma alternativa segura em relação a estabilidade profissional.

Alguns concursos são mais concorridos que outros, e a seguir iremos conferir os 5 mais buscados por quem sonha pela aprovação em um concurso público, confira:

Polícia Federal

O concuso da Polícia Federal aparece entre os mais esperados com possibilidade de vagas para cargos como:

  • Agente;
  • Escrivão;
  • Delegado;
  • Perito.

Além da estabilidade e possibilidade de crescimento o concurso da Polícia Federal também oferece cargos com salários de até R$23.000,00, sendo esse mais um motivo para tornar esses concuso um dos mais visados.

Polícia Rodoviária Federal

O próximo concurso que destacamos entre os mais disputados é o da Polícia Rodoviária Federal. Para o próximo edital deste concurso são esperadas cerca de 2.778 vagas.

Receita Federal

A Receita Federal também se destaca aos olhos dos concurseiros mais ambiciosos, pois além de cargos efetivos o concurso ainda oferece salários de R$19.000,00 para cargos de Auditor e salários de R$11.000,00 para cargos de analista.

Banco Central

Para o próximo concurso do Banco Central são esperadas 990 vagas, sendo 800 delas para o cargo de analista.

A prova deste concurso exige conhecimentos de macro e microeconomia, conhecimentos gerais, conhecimentos específicos além de uma prova dissertativa e uma redação.

Em relação aos salários podemos destacar:

  • Nível médio: R$ 4.917,00 podendo chegar a R$ 8.449;
  • Nível superior: R$ 12.960,00;
  • Procurador: R$ 14.970,60.

Como visto acima, para participar de um concurso, o mínimo necessário é ter formação de nível médio. Se você não possui, mas deseja conclui-lo, o Encceja Ensino Médio é uma grande oportunidade. Através desse programa, basta que você realize uma prova para obter seu diploma.

O Encceja 2020 foi criado pelo Governo Federal junto com o MEC, com a intensão de oferecer um melhor futuro aos jovens e adultos de todo país. A prova acontece uma vez ao ano, não deixe de se inscrever pelo site do INEP.

Petrobrás

O concurso da Petrobrás oferece vagas para cargos de nível médio e técnico de contabilidade júnior, geologia, informática e manutenção. Esse é um concurso entre os mais procurados pois além de estabilidade oferece benefícios como:

  • Auxílio creche;
  • Complementação educacional;
  • Assistência multidisciplinar de saúde.

As provas deste concurso exigem conhecimentos básicos e específicos oferecendo salários para o nível médio e técnico a partir de R$ 2.170,84 e nível superior a partir de R$ 6.217,19.

INSS

Vamos fechar nosso post de hoje com uma dica extra, o concurso INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

O INSS é o órgão responsável pelos pagamentos de benefícios como a aposentadoria dos trabalhadores brasileiros que contribuirão com a Previdência Social.

O instituto contrato profissionais por meio de um concurso público, sendo ele um entre os mais buscados já que o órgão oferece cargos e salários acima da média dos demais concursos públicos.

Os salários desse concurso começam a partir de R$ 4.614,87 para cargos de nível técnico e R$ 6.832,39 para cargos de analista.

Oportunidades de ingresso no ensino superior com o ENEM

O SiSu resultado 2020 é um dos momentos mais esperados por aqueles que realizaram a última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e, assim, se inscreveram no Sistema de Seleção Unificada com o intuito de ingressar em uma instituição de ensino superior.

As provas da edição do Enem estão previstas para serem aplicadas no mês de Novembro. Quem for realizar o exame, deverá prestar atenção para a inscrição e o resultado SiSu 2020. E para ajudá-los nesse momento, elaboramos um conteúdo exclusivo para sanar todas as dúvidas sobre o tema.

Além disso, daremos algumas dicas sobre como consultar o resultado do Sistema de Seleção Unificada, como calcular o Sisu resultado, entender como funciona a lista de espera e muito mais. Confira!

Close up of hands of student doing test.

Como consultar o Sisu resultado 2020?

Após a conclusão do Enem, grande parte dos participantes esperam as inscrições do Sisu abrirem para poder concorrer às vagas dos cursos superiores disponibilizados na plataforma. Por conta disso, a espera por esses resultados é grande. Pois, nesse momento, muitas pessoas concorrerão a cursos super disputados, por exemplo.

Será necessária que os participantes saberão se todo o esforço valeu a pena. O resultado SiSu costuma ser divulgado, geralmente, no dia 5 junho. Para poder acessá-lo, o candidato deverá fazê-lo por meio da plataforma de inscrição.

Para ajudá-lo, elaboramos um passo a passo simples de ser seguido. Confira:

  • Passo 1: A primeira coisa a ser feita é abrir uma nova aba no navegador e copiar e colar o seguinte endereço eletrônico na barra de navegação: http://sisualuno.mec.gov.br/. Espere a página carregar completamente.
  • Passo 2: Agora será necessário informar o número de inscrição do Enem e a senha utilizada para se inscrever no exame. Após preencher os campos, marque na figura indicada e clique na opção “Entrar no SiSu”.
  • Passo 3: Pronto! Dentro de poucos segundos o sistema retornará com o resultado relacionado aos cursos selecionados.

Caso você tenha perdido a sua senha, será necessário clicar na opção “Esqueci a minha senha” e seguir todas as instruções de recuperação contidas nessa página.

Agora que você já sabe como acessá-lo, chegou o momento de entender como é calculado o Sisu resultado do programa. Confira!

Como é calculado o resultado?

Sisu Resultado 2020O cálculo do SiSu é realizado de acordo com as notas de corte de cada curso, baseando-se em sua procura e os critérios adotados pelas próprias instituições. Por conta disso, os cursos apresentam diferentes notas – pois cada curso possui um peso diferente.

O critério avalia o número de pessoas inscritas naquele curso e o número de vagas disponíveis por modalidade. Dessa maneira, quanto mais pessoas estiverem interessadas em concorrer a um curso, maior será a sua dificuldade e nota de corte.

Assim, após pegar o resultado do Enem, o participante deverá realizar sua inscrição Sisu para saber qual será a sua nota. A sua nota poderá variar tanto para mais quanto para menos de acordo com os cursos escolhidos.

A dica é escolher os cursos menos populares para aumentar as chances de ingressar, caso você não tenha tirado uma nota boa no Enem. Na própria página do estudante é possível tirar todas as suas dúvidas relacionadas ao cálculo realizado para chegar a nota final.

Lista de espera e Chamadas

Sisu Resultado 2020As chamadas serão realizadas apenas uma vez, depois de um prazo após as inscrições. Por isso, é muito importante ficar de olho em sua caixa de e-mail para não perder a oportunidade. Os candidatos aprovados terão um período para realizar a matrícula e, assim, realizar a sua inscrição no curso escolhido.

Caso essas vagas não sejam devidamente preenchidas, as instituições utilizarão a lista de espera para convocar os candidatos que estavam esperando a oportunidade de ingressar no curso. Para participar da lista de espera é muito simples: o candidato poderá manifestar interesse na própria página do programa.

Qualquer candidato que não tenha sido chamado nas duas chamadas regulares poderá se inscrever na lista de espera. Nesse caso, se houver vaga disponível, os candidatos serão chamados de acordo com as suas preferências e ordem de chegada.

O Sisu resultado 2020 é um momento muito importante e esperado por milhões de brasileiros. Só nesse ano, mais de 6 milhões de estudantes realizarão a edição do exame. E você, ficou com alguma dúvida? Faça um comentário e compartilhe sua experiência com a gente.

Ministério do Trabalho lança o Seguro para Desempregados pela Internet

O Seguro Desemprego 2020 nada mais é do que um benefício integrante da seguridade social, que é garantido através dos Direitos Sociais da Constituição Federal Getúlio Vargas com a finalidade de promover uma assistência financeira de forma temporária ao trabalhador que estiver desempregado, e ainda em virtude de uma dispensa sem justa causa.

Como acontece o processo de encaminhamento?

Ao ser dispensado sem que seja por justa causa, os profissionais deverão receber do empregador, um formulário próprio, de “Requerimento do Seguro Desemprego” este que deverá estar em duas vias, devidamente preenchido. Com isto ele deverá então também se dirigir a um dos locais de entrega sempre procurando estar munido de alguns documentos.

Para realizar o encaminhamento você irá precisar de:

  • O requerimento do seguro desemprego, que deverá estar em duas vias, uma verde e outra marrom.
  • O cartão do PIS / PASEP, bem como o extrato atualizado ou mesmo o cartão do Cidadão.
  • A Carteira de trabalho e previdência social, CTPS onde é necessário se verificar todas as assinaturas que os requerentes tiverem.
  • O termo de rescisão de Contrato de Trabalho – TRCT devidamente quitado;
  • Assim como também os Documentos de Identificação como por exemplo a carteira de identidade ou ainda certidão de nascimento, certidão de casamento com o protocolo de requerimento da identidade, o que é somente para a recepção, ou ainda carteira nacional de habilitação em modelo novo ou carteira de trabalho.

Os três últimos contracheques dos três meses anteriores ao mês de demissão e ainda documentos de levantamento dos depósitos do FGTS ou ainda extrato comprobatório dos depósitos como por exemplo a Certidão das Comissões de Conciliação Prévia / Núcleos Intersindicais / Sentença / Certidão da Justiça.

Tendo assim a base de toda a documentação que foi apresentada, os postos de atendimento deverão informar ao trabalhador se ele terá o direito ou não aos seus benefícios. Se tiver direito, o posto deverá ainda providenciar a inclusão dos requerimentos do seguro desemprego para o desempregado no sistema.

A quantidade de parcelas varia entre três ou cinco parcelas desde que o trabalhador tenha tido vínculo empregatício de 24 meses durante os últimos 36 meses.